Sonhando em Viajar!

Um Blog para quem está sempre Sonhando em Viajar!

Bonito – Mato Grosso do Sul.

Olá!

Hoje temos um Guest Post feito por uma amiga de longa data e “cumadre”. Viviane Leal.

11086690_830716936964745_782124183_n

E ela vai nos contar como foi a recente viagem em família para conhecer Bonito – MS.

Sempre vejo fotos e relatos de viagens para lá e fico com vontade de ir. Estou curiosa! E você?

Vamos ao relato!

VIAGEM PARA BONITO.

Conseguimos finalmente arrumar um tempinho para uma viagem em família. A ideia inicial era Fernando de Noronha, mas confesso que estava com preguiça de ficar procurando hotel para ficar sem conhecer bem a cidade já que não tenho a menor ideia de como é por lá. Conversando com uma prima ela me falou que foi a Bonito e que pretende voltar lá o mais breve possível (ela está esperando a filha, que atualmente tem 2 anos, crescer um pouco mais para aproveitar melhor). Fiquei super interessada porque ela falou que adorou e já tinha hotel e a agência que fez os passeios para me indicar. Poupou meu trabalho. Entrei em contato por telefone e a atendente logo me passou as informações pelo e-mail quanto aos passeios e preços.

Fomos em três adultos (eu, meu marido e minha mãe) e minha filha de 7 anos. Informei a atendente da agência que iriamos com uma criança de 7 anos e por isso queríamos passeios que ela pudesse participar. Viajamos por 6 dias no total ficamos lá 4 dias inteiros e os outros dois passamos o dia todo viajando.

foto 3

O voo foi tranquilo sem nenhum problema. Fomos de TAM até São Paulo e de lá pegamos outra aeronave para Campo Grande. Em Campo Grande alugamos um carro e Fernando foi dirigindo, a agência dá a opção de saídas do aeroporto com horários predeterminados que é cobrado por pessoa, você pode também alugar um carro com motorista ou alugar um carro onde você mesmo dirige. Escolhemos essa última por ficar mais barato e porque Fernando não se incomodava em dirigir. A viagem de Campo Grande até Bonito leva entre 3 horas e 30 minutos a 4 horas.

foto 1

Ao chegarmos na agência para pegar o carro perguntamos se era difícil chegar em Bonito, o atendente informou que não e ele mesmo desenhou um mapa num papel. Decidimos não alugar GPS e confiamos no mapa dele kkkkkkkkkk. Seguíamos as cidades que ele colocou no mapa e as placas de sinalização.

A estrada é ótima! Muitos trechos de grandes retas, poucos automóveis e caminhões. Por alguns breves momentos surgiam algumas dúvidas mas seguíamos no caminho certo. Chegamos em Bonito em 3 horas e 30 minutos.

foto 2

O hotel Águas de Bonito fica bem próximo do pequeno centro da cidade. Gostei do quarto, do atendimento e das instalações. Gostei do restaurante e algumas vezes jantamos por lá. Eles oferecem além do café da manhã uma merenda pantaneira entre 16 e 17 horas que consistem em sucos, chá, café, leite, bolos, arroz doce, torradas, pipoca, doces e alguns pães. Um lanchinho para o final de tarde.

foto 3

foto 2

foto 4

foto 1

O centro de Bonito é bem pequeno. Passeamos por lá em algumas noites, lanchamos uma vez no Vício da Gula que é uma lanchonete e jantamos na Casa do João que é um ótimo restaurante.

No primeiro dia fomos para o Aquário Natural onde fizemos flutuação, neste passeio a Leticia poderia fazer, mas existem flutuações que não são permitidas para a idade dela.

O passeio já inclui o equipamento necessário para a flutuação (roupa, colete, máscara). Eles fazem um treinamento numa piscina. Quando chegamos lá fomos orientados a ir ao banheiro para um xixi. É proibido o uso de repelente ou protetor solar para não contaminar a nascente. Fizemos o treinamento na piscina depois tomamos uma ducha para remover o cloro e fomos para a flutuação. Eles disponibilizam um barquinho de apoio para quem não quiser descer o rio fazendo a flutuação, foi o que aconteceu com a minha mãe que nos acompanhou no barquinho. O passeio é lindo!! Muitos peixes e a vegetação aquática.

IMG_3863

IMG_3805

Depois da flutuação fomos até um ponto onde usamos uma tirolesa e fizemos uma pequena trilha para observar alguns animais que moram por lá (jacaré, macaquinhos…). Depois é permitido ficar por lá utilizando a piscina do local.

foto 1

foto 2

No segundo dia fomos a fazenda Ceita Corê. Fomos recebidos com um café com pão de queijo e depois fomos fazer trilha passando por 5 cachoeiras, em cada cachoeira era feito uma parada para banho, antes da saída é oferecido um colete que eu aceitei levar mesmo sabendo nadar. Tinha cachoeira de grande profundidade e com o colete era melhor para relaxar e nadar mesmo com um pouco de correnteza. A água era maravilhosa, com a temperatura perfeita, não era super gelada. Neste passeio o almoço estava incluso. O almoço foi servido na volta e delicioso. Depois você pode dar uma descansada no redario, várias redes te aguardam para um breve descanso. A tarde a última atividade é conhecer uma nascente.

foto 3

foto 2

foto 4

foto 1

No terceiro dia fomos conhecer a Gruta de São Matheus. Fizemos uma trilha dentro da gruta com um guia dando todas as informações sobre o local neste passeio é indispensável o uso de tênis. Lá existe ainda um museu. Você entra no museu e depois sobre dois andares e de lá sai numa ponte que te leva para a trilha até a gruta.

foto 1

foto 2

foto 3

Depois fomos para o Balneário do Sol que é um local onde tem piscina natural, tirolesa, um pequeno parquinho almoçamos por aqui. Este local só acho válido para quem tem criança. Não achei tão legal.

foto 1

foto 2

Às 15 horas marcamos um passeio no bote que fica próximo dali no Ecopark Porto da Ilha. O passeio é super tranquilo com algumas pequenas quedas indicado para qualquer pessoa. Fomos informados que não há risco do bote virar. Minha mãe não sabe nadar e estava com bastante receio mas logo confiou diante das informações, um cadeirante participou do nosso passeio.

15h REINALDO (100)

15h REINALDO (3)

No quarto e último dia de passeio fomos para o Parque Ecológico do Rio Formoso para um passeio de Boia-Cross.

foto 1

Esse eu confesso que foi bem tenso para mim. Minha filha de 7 anos participou mas eu me senti muito insegura. Formamos um grupo de 5 pessoas com dois monitores que descem o rio junto com a gente. Um deles se comprometeu a descer o rio junto com minha filha porque neste passeio existe um risco maior de cair da boia e descendo juntos é mais difícil, só que tinha uma mulher que não sabia nadar e eu fiquei preocupada caso ela virasse se eles dariam conta porque tem correnteza. Nas quedas vai descendo um de cada vez e você tem que ficar segurando uma corda que tem durante o percurso do rio para que a correnteza não te leve. Minha filha precisou ficar sozinha segurando essa corda porque quando tem a queda o monitor fica esperando próximo à queda caso alguém caia e não consiga nadar direito.

DSCF8347

DSCF8349

DSCF8368

Acabou que apenas eu caí da boia uma única vez durante todo o percurso e estava seguindo direitinho todas as informações do monitor e esta queda foi o suficiente para machucar meus dois joelhos pois ralei em uma pedra já que cai numa área que era mais rasa. Daí meu medo aumentou.

DSCF8360

Resumindo: no boia cross existe grande possibilidade de cair da boia e o problema maior não é simplesmente cair na água é cair e ralar em alguma pedra. Você desce o rio com colete e capacete. Neste passeio o almoço estava incluso então almoçamos por lá, o almoço é bem simples. Depois passamos o resto do dia por lá passeando de caiaque, stand up e tirolesa.

foto 2

Lá tem um porco selvagem que fica solto pelo parque mas não ataca ninguém só que um outro grupo que foi para o boia Cross deixou um biscoito em cima da cadeira dentro da bolsa e o porco achou e comeu o saco todo, não podia tirar dele porque ele é um animal selvagem e como estava comendo poderia atacar.

foto 3

Para todos os passeios fomos com o carro que alugamos e chegar é extremamente fácil. Pegamos por lá o mapa de Bonito.

Tivemos a sorte de na viagem de volta para Campo Grande encontrarmos uma comitiva de bois. Muito legal! Não é preciso parar o carro para eles passarem basta andar com o carro bem devagar que os animais vão saindo da frente. Na frente vão os cavalos.

foto 1

foto 2

foto 3

Nossa, deu até vontade de conhecer Bonito!

Viviane, eu e Blog Sonhando em Viajar! agradecemos por ter aceitado ser nossa convidada para falar deste lugar lindo!

Espero que todos tenham gostado e que aproveitem as dicas de nossa convidada.

Até o próximo post!

Todas as fotos marcadas deste post foram cedidas pela nossa convidada para serem usadas neste post. O Blog Sonhando em Viajar! agradece muito.

 

Anúncios

9 Comentários

  1. Isabele

    A-D-O-R-E-I!!! Que viagem maravilhosa, ótimas dicas!! Um passei diferente e que não perde em nada para passeios litorâneos!!

    • viviane

      Bom que gostou Isabele! Lá é ótimo e a água é maravilhosa!

    • adriramos

      Olá Isabele! Eu adoro passeios assim também. E já entrou para minha listinha de lugares para conhecer. Que bom que gostou! Obrigada pelo comentário. 🙂

  2. Anônimo

    Adorei!! Relato super detalhado, com excelentes dicas! Lindo lugar!

    • adriramos

      Olá! Que bom que gostou! Continue acompanhando o Blog! 🙂

  3. Anônimo

    Relato super detalhado, com dicas excelentes! Ótima sugestão para uma próxima viagem!

    • adriramos

      Olá! Já está na minha lista! Obrigada por comentar! 🙂

  4. Rose Gurgel

    Linda viagem!!!
    Fiquei morrendo de vontade de conhecer este lugar!!! Demais!!!

    • adriramos

      Olá Rose! Deu vontade mesmo! Obrigada por comentar! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: